FAQ

Respostas para as dúvidas mais frequentes.

E se não fizer sol, a água esquenta? Esta é apenas uma das dúvidas que todos nós temos sobre o sistema de aquecimento solar. Esta página tem como objetivo esclarecer as dúvidas e mitos sobre o Aquecedor Solar. Caso a sua dúvida não esteja respondida aqui, entre em contato com a Kisol.

Nenhum trabalho de qualidade pode ser feito sem concentração e auto-sacrifício, esforço e dúvida.

- Max Beerbohm

O aquecedor solar é um equipamento capaz de absorver a energia do sol e transmiti-la, em forma de calor para a água.
Ele é composto por duas partes, o reservatório térmico e o coletor solar.

O coletor solar é o responsável por aquecer a água. O aquecimento da água ocorre quando a radiação solar incide sobre o coletor, que ao se aquecer transfere a energia em forma de calor para a água. Uma vez que a água está aquecida, ela é armazenada no reservatório térmico.

O Reservatório Térmico é um recipiente que armazena a água aquecida pelos coletores solares, fazendo com que toda a água aquecida esteja disponível para consumo com o mínimo de perda de temperatura.

O aquecedor solar é composto basicamente por dois componentes, o reservatório térmico e o coletor solar. Em alguns tipos de instalações, podemos utilizar outros componentes, como controladores digitais, válvulas de segurança, bombas pressurizadoras, etc. Para saber mais sobre a instalação, clique aqui.

O aquecedor solar gera energia térmica. Esta energia térmica será utilizada para aquecer a água do seu banho evitando o uso de energia elétrica. Por exemplo, o uso de um chuveiro elétrico de 5.500 watts utilizado para 04 banhos diários de 15 minutos representa em média 66 reais* na conta de energia elétrica. Com o aquecedor solar, esta família estará economizando 66 reais por mês na conta de energia elétrica.

*Cálculo com base no custo médio de R$ 0,4/KWh.

Para indicar o melhor aquecedor solar, é preciso fazer um dimensionamento do sistema. Este dimensiosamento leva em consideração diversos fatores para determinar qual o volume de água quente que você precisa para suprir toda a sua demanda. Para saber mais sobre dimensionamento, clique aqui.

O reservatório térmico foi projetado para diminuir a perda de temperatura da água para o meio externo, funcionado como sendo uma grande garrafa térmica. A perda de temperatura da água pode ocorrer por dois motivos:

  • Conforme é retirado água quente do reservatório, o mesmo é abastecido com água fria. Este processo faz com que a água do reservatório vá aos poucos perdendo temperatura. O reservatório térmico da Kisol foi projetado para minimizar este efeito.
  • Através da perda de temperatura para o meio externo, visto que mesmo com um excelente isolamento térmico, é muito difícil conter 100% das perdas de temperatura.

Em dias de pouca radiação solar, você pode optar por duas soluções:

  • Se você gosta de conforto, basta acionar o sistema auxiliar elétrico (suporte elétrico) para aquecer a água do reservatório térmico.
  • Se você busca economia, é só ligar o chuveiro elétrico para aquecer que será consumida no banho.

Depende da forma como for feita a instação do equipamento.

A Kisol recomenda instalar um disjuntor específico para o sistema auxiliar do reservatório térmico, desta forma, para acionar o sistema auxiliar basta ligar o disjuntor. Caso a instalação seja realizada sem o disjuntor, o termostato do sistema auxilar irá acionar a resistência elétrica sempre que a temperatura da água estiver abaixo da configurada no mesmo. Na grande maioria dos casos, este não é o cenário ideal.

Também é possível instalar um controlador digital que pode ser configurado para acionar o suporte elétrico em horários específicos.

Existem alguns pontos de vista que devem ser observados.

Para o consumidor que prioriza a economia, o ideial é acionar o chuveiro elétrico. Desta forma, ele estará esquentando somente a água necessária para o banho. Não é muito econômico aquecer um reservatório de 500 litros para tomar apenas um banho.

Para o consumidor que prioriza o conforto, nas grandes maiorias das vezes ele prefere acionar o sistema auxiliar para aquecer a água do reservatório, visto que no seu banheiro não existe chuveiro elétrico.

Para o nosso governo, o sistema auxiliar elétrico ajuda a diminuir o pico de consumo do sistema elétrico, uma vez que a água do reservatório pode ser aquecida durante o dia. Diminuinda o pico de consumo, iremos diminuir o custo de geração e distribuição da energia.